FIMAN: Sicredi deve renovar parceria e ser um dos principais patrocinadores

Empreendedor

A Cooperativa de Crédito Sicredi União PR/SP vai iniciar já nos próximos dias os estudos para renovar a parceria e ser um dos principais patrocinadores da Feira Internacional de Mandioca (FIMAN), que será realizada de 20 a 22 de novembro deste ano em Paranavaí. A garantia foi dada pelo presidente da instituição, Welinton Ferreira, logo após receber o ofício solicitando o apoio. “Vou despachar imediatamento para a área técnica, a fim de viabilizar a parceria. Temos enorme interesse nesta Feira”, disse ele.
O pedido de patrocínio foi entregue a Ferreira na última terça-feira, durante assembleia da Cooperativa em Paranavaí, pelo presidente da Associação Comercial ee Empresarial de Paranavaí (ACIAP), Maurício Gehlen, que também é presidente da Feira. A Associação é a principal promotora do evento, junto com o Sindicato Rural de Paranavaí, Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Centro Tecnológico de Mandioca (CETEM) e Sociedade Rural do Noroeste do Paraná.
A Feira é bianual e nesta próxima edição, a deverá se caracterizar ainda mais como internacional. Já estão sendo mantidos contatos com possíveis expositores e/ou visitantes da Ásia (que deve ser o continente com maior representatividade no evento) Estados Unidos, Europa (França e Inglaterra) e também do continente africano (Congo, Nigéria, etc). Na primeira edição, a África foi o continente com maior presença na FIMAN.
A FIMAN será realizada no Parque de Exposições Costa e Silva e vai reunir a cadeia produtiva das indústrias que utiliza a mandioca como sua matéria-prima. “Queremos reunir estas indústrias, seus fornecedores e clientes”, explica o presidente Gehlen.
A estimativa é que o evento reuna cerca de uma centena de expositores e cinco mil visitantes. A meta é superar o volume de negócios da primeira edição, em 2016, quando foram gerados R$ 50 milhões em negócios durante a Feirea e iniciadas negociações para outros R$ 50 milhões. “A FIMAN é uma feira para integrar as indústrias, trocar experiências, mas principalmente para gerar negócios” reforçou o presidente da ACIAP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *