Rose Noronha, amante de Lula, quando tentou fugir para Portugal se viu obrigada a declarar conteúdo da mala diplomática[Lei da Zona do Euro] E CONSTA-SE, NA CIDADE DO PORTO A MALA DELA COM VINTE E CINCO MILHÕES DE EUROS

Denúncia


Relendo a Coluna de Augusto Nunes, comecei a fazer anotações, em modesto estudo, porém são assustadoras a conclusões e provas objectivas;
Rosemary Nóvoa de Noronha, AMANTE DO CHEFE, LOTADA DO ESCRITÓRIO DA PRESIDÊNCIA DO BRASIL EM SÃO PAULO-SP, VIAJOU 28 VEZES AO EXTERIOR NA COMITIVA DE LULA SEM CONSTAR DA LISTA DE PASSAGEIROS QUE TEM QUE SER PUBLICADA NO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO, dentre outras façanhas.
ROSE NORONHA TINHA PASSAPORTE DIPLOMÁTICO E MALA DIPLOMÁTICA [QUE PROIBE FISCALIZAÇÕES INTERNACIONAIS DE BAGAGEM AO PORTADOR]
Longa manus oficial de LULAdrão, Rose foi quem levou A PROPINA DA FAMOSA VENDA DE CIA. TELEFONICA NEGOCIADA EM SOLO PORTUGUÊS, COM LULA, PALOCCI, ZÉ DIRCEU E MEDALHÕES DO PE.
ELA, APENAS ELA ROSEMARY NORONHA LEVOU, ”E DECLAROU AO FISCO DE PORTUGAL/ZONA DO EURO A QUANTIA DE 25 MILHÕES DE EUROS DENTRO DA MALA”, QUANDO DA FUGA DELA PARA LÁ…Vejam abaixo, partes das reportagens e levantamentos incluzive do Jornal da Manhã;
Todos sabiam, Rosemary era portadora de passaporte diplomático, mas o que não foi revelado é que ela também era portadora autorização para transportar MALAS DIPLOMÁTICAS, livre de inspeção em qualquer alfândega do mundo, de acordo com a Convenção de Viena. Para quem não sabe esclareço que o termo “mala diplomática” não se refere especificamente a uma mala, pode ser um caixote ou outro volume. Segundo a informação que recebi, Rosemary acompanhou Lula numa viagem a Portugal. Ao desembarcar foi obrigada a informar se a mala diplomática continha valores em espécie, o que é obrigatório pela legislação da Zona do Euro, mesmo que o volume não possa ser aberto.Pasmem, Rose declarou então que havia na mala diplomática 25 milhões de euros. Ao ouvir o montante que estava na mala diplomática, por medida de segurança, as autoridades alfandegárias portuguesas resolveram sugerir que ela contratasse um carro-forte para o transporte.
. A requisição do carro-forte está na declaração de desembarque da passageira Rosemary Noronha, e a quantia em dinheiro transportada em solo português registrada na alfândega da cidade do Porto, que exige uma declaração de bagagem de acordo com as leis internacionais. Está tudo nos arquivos da alfândega do Porto.

1 thought on “Rose Noronha, amante de Lula, quando tentou fugir para Portugal se viu obrigada a declarar conteúdo da mala diplomática[Lei da Zona do Euro] E CONSTA-SE, NA CIDADE DO PORTO A MALA DELA COM VINTE E CINCO MILHÕES DE EUROS

  1. Na realidade, Rose não gostava do Luiz Inácio, gostava sim do presidente Luiz Inácio. Ou tinha ódio da “perseguida”.
    Mas, VG, quando esta senhora abrir o bico, a merda vai tapar, como dizia o finado arrozeiro Freitas aqui em Sanzabel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *