Por Gabriel Abbés -Bancada federal do Agronegócio está embarcando com Jair Bolsonaro em prejuízo de Alckmin e Álvaro Dias

Agronegócio Coluna Pensando Bem-Gabriel Abbés Opinião Política

E é tamanha a tendência, que algumas pesquisas em Mato Grosso e Mt Grosso do Sul, Bolsonaro chega aos 43% na preferência do eleitor em geral.

E Luiz Felipe Dávilla que é representante das Sociedades Rurais brasileiras não nega a mudança, POIS NO SHOW RURAL EM CASCAVEL-Pr. JAIR BOLSONARO PROMETEU QUE O SEU MINISTRO NA ÁREA DE AGRONEGÓCIO SERÁ TIRADO DO PRÓPRIO MEIO RURAL, SEJA OU, DA AGRICULTURA OU DA PECUÁRIA.
Outra promessa dele é combater severamente as atitudes criminosas dos movimentos sem-terras e fazer a Reforma Agrária com realidade e Justiça.
Mas como fica a parte RICA E CONSERVADORA DO AGRONEGÓCIO? Vão trair os tratos feitos com Geraldo Alckmin? E o medo DO RESSURGIR QUASE IMPOSSÍVEL DE MARINA SILVA?
RISCO MAIOR DEPOIS DOS VEXAMES DE J&E. BRF etc etc, e as punições internacionais QUE PRATICAMENTE CONGELARAM O PREÇO DA ARROBA DO BOI GORDO É DO AGRONEGÓCIO PULVERIZAR O APOIO, NÃO SENDO NEM OPORTUNO NEM PRUDENTE PARA NINGUÉM, NEM POLÍTICOS, NEM RURALISTAS NEM AGRO-POLÍTICOS-PECUARISTAS!
PIMBA, FALEI! GABRIEL ABBÉS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *