"Diário do Calabouço" – delação premiada de Nelson Leal Jr. é, segundo Veja, paulada no Tribunal de Contas e governo Richa

Denúncia

O texto publicado faz pouco pela Revista Veja;
O ex-diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER), Nelson Leal Júnior, tem dado destaque em sua delação premiada ao programa Patrulha do Campo, destinado à manutenção de estradas rurais no interior do Paraná. As revelações de Leal Júnior sobre os contratos firmados pelo programa implicam o governo Beto Richa, grandes empreiteiras paranaenses e até o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR).
Veja também
Para MPF, Triunfo bancou camarote para cúpula do DER na Copa
Concessionária garantia pedágio caro no PR com propina, diz MPF
Leal Júnior foi preso em fevereiro na Operação Integração, um desdobramento da Operação Lava Jato que apurava inicialmente as relações indevidas entre as concessionárias de pedágio e o DER. As investigações apontam que propinas e vantagens foram pagas a Leal Júnior e outros funcionários do órgão em troca de favorecimento nos aditivos dos contratos de pedágio da Econorte. De acordo com o MPF, o pedágio cobrado nas rodovias da Econorte era mais caro do que o estabelecido em contrato por causa da corrupção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *