NESTA SEXTA-FEIRA Comércio de Paranavaí pára, por duas horas, para manifestar insatisfação com a economia

ACIAP -

Paralisação também apoia o movimento dos caminhoneiros
que protestam contra o elevado preço do combustível
Comerciantes e empresários de outros segmentos estarão reunidos nesta sexta-feira, das 10 horas ao meio-dia, em frente a Associação Comercial e Empresarial de Paranavaí (ACIAP) para manifestar a insatisfação da categoria com os rumos da política econômica. Neste período, o comércio de Paranavaí deverá fechar as suas portas. “Os empresários, obviamente, não são obrigados a participar do movimento. Quem está satisfeito com o atual o cenário, que mantenha suas portas abertas. Agora, quem estiver insatisfeito deve participar da mobilização. Pois só assim os empresários vão mostrar sua força e chamar atenção para a insatisfação do nosso setor”, disse, na manhã desta quinta-feira (24), o presidente da ACIAP, Maurício Gehlen, durante o Encontro Empresarial, realizado na sede da entidade, quando conclamou os comerciantes a participar da manifestação.
O movimento em Paranavaí tem a coordenação do Sindicato do Comércio Varejista de Paranavaí (Sivapar) e da ACIAP e também tem por objetivo apoiar os caminhoneiros, que desde segunda-feira estão paralisados em protesto contra os altos preços do óleo diesel e outros combustíveis. “Será uma manifestação pacífica, em frente a ACIAP. Os empresários devem se reunir das 10 horas ao meio-dia e também trazer seus colaboradores, que por certo também estão insatisfeitos com a economia do país”, reforçou Gehlen.
A Federação das Associações Comerciais, Industriais e Agropecuária do Paraná (FACIAP) também apoia o movimento dos caminhoneiros, “que estão sendo prejudicados com a alta dos preços dos combustíveis”. A entidade reforça que “o aumento dos combustíveis tem impacto direto em toda a economia brasileira, afetando o setor produtivo e todos os cidadãos, não só os caminhoneiros”. Ainda de acordo com a Federação, “a participação popular nas tomadas de decisões públicas é uma ferramenta para o exercício da democracia, sempre de forma pacífica”. Outras associações comerciais do Paraná também estão sugerindo os associados que fechem as portas do comércio das 10 às 12 horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *