*ATROCIDADE*Polícia prende homem que agredia esposa e estuprava enteadas

Plantão Policial Violência


Professora de uma das meninas foi fundamental para que caso viesse à tona
Por Polícia Civil em 10 de julho, 2018 as 17h16.
Centro de Cerro Azul (Foto: Street View)
Policiais civis da delegacia de Cerro Azul, região metropolitana de Curitiba, com apoio do Conselho Tutelar, prenderam na tarde desta terça-feira (10) um homem acusado de estupro de vulnerável, cárcere privado e violência doméstica contra sua esposa e enteadas, estas crianças menores de 12 anos de idade.
O Conselho Tutelar recebeu a informação da professora de uma das crianças de que a aluna reclamou dos abusos por parte do padrasto. Ela foi com a garota até a delegacia e relatou o caso ao delegado titular da cidade, Tiago Wladyka. Entretanto, antes de deslocar À delegacia, os conselheiros foram até a residência do casal buscar a mãe da criança. Chegando no local, o suspeito ameaçou os conselheiros e a mãe, além de SE recusar a entregar a outra menina
Segundo os conselheiros, o suspeito falou que ficaria com a criança para que a mãe não contasse os fatos para a polícia. Em tom ameaçador, disse que se o conselho aparecesse novamente na casa para buscar a outra criança, pegaria o facão e mataria a todos. Após isso, os conselheiros foram com a mãe e uma das crianças até a delegacia e relataram ao delegado todo o ocorrido.
Diante das denúncias, o delegado Tiago Wladyka e a equipe de investigadores foram até o local e efetuaram a prisão em flagrante do suspeito, além de resgatarem a outra criança. Os policiais apreenderam, ainda, um facão, um machado e uma foice usada nas ameaças contra a esposa e crianças.
Segundo a mãe, além das ameaças e agressões, o preso ainda abusava sexualmente das enteadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *