Religião

IN VIGILIA NATIVITATIS DOMINI – Kalenda de Natal, a vinda do Cristo Jesus pela visão da natureza Humana! Gabriel Gagá

Nota do Editor; Entre PARÊNTESES DUPLOS ”((” E ”))”, estão as Kalendas, e em linhas sotas, as minhas orações a todas as Senhoras e Senhores!

Alegrem-se! Eis que Deus Piedosíssimo vos enviou o Consolador

Ele, o Cristo Jesus, anunciado naquela fria noite pela Brilhante Estrela de Jeováh

Dulcíssimos os Pastores da magnífica noite, alertados pela Legião de Israfil, os Anjos do Sagrado Advento!

((Transcorridos muitos séculos desde que Deus criou o mundo

e fez o homem à sua imagem;))

Eles se ergueram das fogueiras sentindo o calor de Deus, e serviram aos Reis

Gaspar, Belchior e Baltyazar,

((séculos depois de haver cessado o dilúvio,

quando o Altíssimo fez resplandecer o arco-íris,

sinal de aliança e de paz;))

E, naquela estrebaria, Maria e José receberam O VERBO FEITO CARNE,

e em panos quase trapos, mais Santíssima que o Santo Graal, a Manjedoura, de onde se recolhem os restos de comidas dos animais foi aquecido o MESSIAS! Et cum spiritu tuo!

((vinte e um séculos depois do nascimento de Abraão, nosso pai;

treze séculos depois da saída de Israel do Egito sob a guia de Moisés;

cerca de mil anos depois da unção de Davi como rei de Israel;))

Não foram os palácios a receberam a Luz da Profecia de Isaías, mas uma humilde gruta

Beatíssimos José e Maria, um carpinteiro e uma dona de casa-FAMÍLIA!

Eis que os Anjos de Deus aceleram a marcha de suas Santíssimas Asas para trazerem calor ao pequenino Cristo Jesus!

((na septuagésima quinta semana da profecia de Daniel;

na nonagésima quarta Olimpíada de Atenas;

no ano setecentos e cinquenta e dois da fundação de Roma;

no ano quinhentos e trinta e oito do edito de Ciro autorizando a volta do exílio e a reconstrução de Jerusalém;))

A Santa Noite de Natal, vos traz a VIDA pelo milagre da FÉ!

Os Céus se rejubilam, veio o Compreendedor dos Afortunados, Redentor dos Coxos, Fracos, Oprimidos

Jesus Cristo faz a escravidão entre os homens ser extirpada como gangrena humana.

((no quadragésimo segundo ano do Império de César Otaviano Augusto,

enquanto reinava a paz sobre a terra, na sexta idade do mundo.))

Messias, o Compreensivo, é ele, Jesus, o Cristo!

((Jesus Cristo, Deus Eterno e Filho do Eterno Pai,

querendo santificar o mundo com a sua vinda,

foi concebido por obra do Espírito Santo e se fez homem;))

E, Luz, Beatíssimo Candeeiro que é, não será entendido NEM SERÁ ACEITO PELA ESCURIDÃO…

Mas é Ele, Verbo Edificante! Alegria na Fé em DEUS Único!

 ((transcorridos nove meses nasceu da Virgem Maria em Belém de Judá.

Eis o Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo a natureza humana.))