Policia, Violência

Casal é preso por embriaguez ao volante e desacato após ameaçar guardas municipais- Curitiba


Eles seguiam na contramão e quase bateram na viatura da equipe no momento da abordagem
Por Marina Sequinel e Djalma Malaquias em 29 de Abril, 2018 as 10h36. Portal Rádio Banda B

(Foto: Djalma Malaquias – Banda B)

O dono de uma empresa que oferece serviços de saúde e a namorada dele foram presos pela Guarda Municipal (GM) de Curitiba na manhã deste domingo (29). Com sinais de embriaguez, o homem seguia pela contramão na Avenida Presidente Wenceslau Braz, no bairro Portão, quando foi abordado por guardas em patrulha.

“A equipe que estava em ronda avistou um veículo na contramão e precisou desviar dele para não ser atingido. Houve, então, a abordagem e o motorista partiu para cima dos agentes. Três mulheres que também ocupavam o veículo atentaram contra a segurança dos guardas e nós tivemos que ter uma atuação mais energética. Inclusive contamos com o apoio dos bombeiros, porque a coisa estava bem complicada”, contou o supervisor Timermann, da GM.

Segundo ele, o motorista do veículo apresentava sinais de embriaguez e precisou ser detido. Uma das mulheres que estava no carro, que seria companheiro dele, também foi presa por ameaçar a equipe. “Antes mesmo da abordagem, o casal estava brigando dentro do veículo, o que foi mais um motivo para a gente parar o automóvel. A situação se agravou quando descobrimos que o homem estava etilizado”, completou o supervisor.

O condutor, de 34 anos, é dono de uma empresa que oferece serviços de saúde em Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba, e dirigia o veículo de trabalho no momento da abordagem. Ele foi preso por embriaguez ao volante. Já a namorada dele, de 19, foi autuado por desacato. À Banda B, bastante exaltada, ela afirmou que os dois estavam “apenas alterados” por causa de uma briga de casal, o que não “justifica a abordagem da GM”