Cidadania, Cultura, Música

Wolfgang Amadeus MoZart – “Requiem” D- dedicado à três ilustres da gente de nós!

O Blog vem reconhecer Probos dentre os de nossa gente e vou aqui citar três apenas por seus virtuosos esforços para o desenvolvimento sólido da nossa Paranavaí.
Em minha iletrada mas não daltônica visão, solidez na comunidades é fazer banir o analfabetismo dos lares e a miséria cultural das ruas, trazendo o Princípio da Isonomia à tona de forma a fazer-se um hábito e que se sinta nos “hálitos”! Portanto, dedico aos Senhores Doutores e suas honradas Famílias;
Antônio Carlos Aleixo, Eduardo Ribeiro e Marcelo S. Campos Silva, o Réquiem de quem nasceu nominado Johannes Chrysostomus Wolfgangus Theophilus Mozart (Salzburgo, 27 de janeiro de 1756 – Viena, 5 de dezembro de 1791)
Generoso Autor, o austríaco começou a compor pelos idos de 1.761, incentivado pelo pai, Leopold Mozart e sua pequena irmã Maria Anna, que ele chamava nannerl, igualmente genial musicista.

Ele criou mais de 600 obras, pianísticas, concertantes, violinísticas e violoncelísticas. Sempre foi defensor da obra clássica para todos e pacifista[mesmo sobrevivendo ao casamento com a linda Constantine, chamada Constanze]!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *