Com 32,75 Candidatos por VAGA, enfim o VESTIBULAR PARA O CURSO DE DIREITO DA UNESPAR É REALIDADE EM 2018

Cultura Gestão Pública

Superando as expectativas, o curso de Bacharelado em Direito da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), campus Paranavaí, alcançou a marca de 665 inscritos para Vestibular 2018. Com uma relação de 32,75 candidatos por vaga, o curso, ofertado pela primeira vez pela Unespar, ocupa o primeiro lugar no ranking dos mais concorridos entre os sete campi da instituição.

“Por ser um curso novo, contávamos com um número alto de inscrições, mas o resultado foi mais positivo do que o esperado”, avalia o Reitor da Unespar, professor Antonio Carlos Aleixo. Conforme explica, a implementação do curso irá contribuir para o desenvolvimento não só de Paranavaí, como de toda a região.

Fruto de uma demanda latente constatada desde a década de 1970, ainda enquanto Faculdade Estadual de Educação, Ciências e Letras de Paranavaí, a implantação do curso foi garantida em decreto estadual no dia 8 de junho. Na ocasião, Aleixo destacou o trabalho desempenhado pelo campus de Paranavaí e pelos docentes e pró-reitorias da universidade como um todo para a implementação do curso. “Estamos colhendo o que nós mesmos plantamos”, declarou o Reitor.

Segundo regimento aprovado pelo Conselho Universitário (COU) da Unespar em 2016, o curso contará com 40 vagas anuais e carga horária total de 4.312 horas em regime de matrícula seriada anual e turno de funcionamento diurno. Do total de vagas, 20 estão sendo ofertadas pelo Vestibular institucional e 20 serão preenchidas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Neste momento, a Unespar aguarda a autorização de mais dois cursos: Museologia, no campus Curitiba I/Embap, e Engenharia de Produção, no campus de Paranaguá.

Histórico

Embora idealizado na década de 70, foi a partir de 2010 que medidas mais concretas foram tomadas para a criação do curso. De acordo com o professor Antonio Rodrigues Varela, na época diretor da instituição que viria a se tornar um campus da Unespar, a ideia inicial previa a transferência de 40 vagas do curso de

Administração Matutino, que vinha tendo pouca procura no vestibular, o que facilitou sua aprovação pelos órgãos internos da faculdade.

Na sequência, iniciaram-se reuniões com profissionais do Direito que lecionavam em outros cursos, bem como profissionais de áreas afins que fariam parte do curso. Segundo Varela, foram inúmeros encontros com participações de pessoas de dentro e de fora da faculdade, inclusive da coordenação do curso de Direito da Universidade Estadual do Oeste (Unioeste).

Após finalizado, o projeto passou por deliberações internas e foi encaminhado à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti) para dar sequência aos trâmites necessários. Porém, com a troca do governo estadual, a política de implantação de novos cursos foi suspensa.

Em 2016, a reitoria da Unespar decidiu então retomar as negociações com o governo, contando com o apoio e participação efetiva da sociedade civil organizada de Paranavaí. Assim, o projeto foi devolvido ao campus para as devidas adequações, já que havia sido elaborado em 2010, e desde então tramitava nas instâncias governamentais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *