Ladrões atrapalhados se dão mal após deixarem celular cair na cena do crime

Plantão Policial

 

Dois ladrões atrapalhados acabaram presos em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, nesta segunda-feira (8). Os primos, de 20 e 21 anos, deixaram o celular cair durante um assalto a uma motorista, o que levou a polícia direto até eles.

O crime aconteceu durante a tarde de ontem, quando uma mãe deixava o filho em uma escola no Centro da cidade, em uma caminhonete Amarok avaliada em mais de R$ 100 mil. “Essa dupla atrapalhada saiu do bairro Tatuquara, em Curitiba, e veio até São José com um veículo Ipanema. Um ficou no carro e o outro desceu para praticar o assalto. No momento em que ele anunciou o roubo, o celular caiu no chão”, relatou o delegado Michel Carvalho, responsável pelo caso, em entrevista à Banda B.

Com o aparelho em mãos, a vítima procurou a polícia para registrar o Boletim de Ocorrência. Segundo o delegado, não demorou muito para que o telefone começasse a tocar. “Um dos suspeitos ligou para o celular, acreditando que outra pessoa que não tinha nada a ver com o caso tinha achado o objeto. A equipe então marcou um encontro com o rapaz, fingindo que era para fazer a devolução. Ele não imaginava que policiais estavam do outro lado da linha”, comentou.

Durante a prisão, o jovem reagiu e precisou ser contido. Na delegacia, ele alegou que não fazia parte do esquema e entregou o comparsa. Após novas buscas, o segundo rapaz também foi localizado.

Antecedentes

A polícia acredita que os dois podem estar envolvidos em outros crimes semelhantes. “Nós tivemos um aumento de roubos de caminhonetes aqui na cidade e as investigações apontaram que os assaltantes pegavam o veículo e repassavam para outra pessoa. Ela era, então, responsável por adulterá-lo e vendê-lo. Havia casos, inclusive, de automóveis levados para o Paraguai”, finalizou.

A dupla foi autuada pelo crime de roubo e permanece presa à disposição da Justiça. Um dos suspeitos possui passagem por receptação e o outro por roubo de celular

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *